Seleção FI da 12ª rodada do Brasileirão no 3-5-2 e comandada pelo melhor técnico do Brasil

Líder Palmeiras tem zagueiro e o seu treinador no comando da Seleção da Rodada.

Categorias:

Por: , 16/06/2022

Seleção FI foi definida com os melhores da rodada. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo.

Campinas, SP, 16 (AFI) – A 12ª rodada do foi encerrada nesta quinta-feira, feriado nacional. Por isso, agora a Portal Futebol Interior divulga os melhores da rodada e forma sua Seleção no esquema 3-5-2 e comandada por Abel Ferreira, do Palmeiras e melhor treinador do futebol nacional.

CONFIRA A SELEÇÃO DA 12ª RODADA:

Seleção FI de fazer inveja para Tite e seus ‘meninos’

Goleiro: Everson (Atlético-MG)O Galo fez jogo equilibrado diante do Ceará, que teve dificuldade para criar. No segundo tempo, porém, os cearenses tiveram boas chances e Everson foi fundamental para o zero não sair do placar.

Zagueiro: Cuesta (Botafogo)Foi o responsável por não deixar o atacante Calleri jogar. Marcou o atacante são-paulino durante os 90 minutos, foi preciso nos desarmes e na recomposição de bola. Foi ao ataque também quando teve espaço.

Zagueiro: Eduardo Bauermann (Santos)O Santos venceu o Juventude, de virada, por 2 a 1, em Caxias do Sul. A reação do time paulista começou nos primeiros minutos do segundo tempo, quando Bauermann ganhou da marcação pelo alto e cabeceou para as redes. No restante do jogo foi extremamente competente nos desarmes e saiu de campo como um dos melhores em campo.

Zagueiro: Gustavo Gómez (Palmeiras)Voltou da seleção do Paraguai para ser um dos destaques da vitória do Palmeiras por 4 a 2 diante do Atlético-GO. Jogou mais pelo lado direito, na ausência de Marcos Rocha, e brilhou. Fez boa partida e ainda marcou dois gols do Verdão.

Gustavo Gómez comemora um dos seus gols: Foto: Cesar Greco

Lateral-direito: Raúl Cáceres (América-MG)Ganhou a posição de Patric e não desapontou. Tentou apoiar ofensivamente na medida do possível, já que o Coelho jogou com um a menos desde os dez minutos do primeiro tempo. Defensivamente, foi perfeito e ajudou o time a sair com empate heroico.

Volante: Kayque (Botafogo)Depois de quatro derrotas seguidas, enfim o Botafogo conseguiu voltar a vencer no Brasileirão ao bater o São Paulo, por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos. O grande responsável foi o volante Kayque que marcou o gol da vitória no começo do segundo tempo. Ele tabelou com Piazon e depois finalizou com precisão.

Volante: Edenílson (Internacional)De volta ao time titular, Edenílson foi lúcido dentro de campo e abriu o placar logo no início do primeiro tempo numa finalização rasteira. No restante do jogo, foi importante para orientar os companheiros e também colaborar na marcação do meio-campo, complicando a vida do Goiás no Serrinha.

Edenilson comemora o primeiro gol do Internacional na vitória sobre o Goiás.

Meia: Arrascaeta (Flamengo)É inegável que o Flamengo é outro quando Arrascaeta está em campo. O uruguaio foi desfalque nas três rodadas anteriores e o Mengo perdeu todas elas. Voltou contra o Cuiabá e organizou as principais jogadas ofensivas. Foi sua a assistência para Gabigol marcar o segundo gol. No primeiro tempo, só não fez o seu porque a cabeçada parou na trave.

Meia: Gustavo Scarpa (Palmeiras)Scarpa está aproveitando a ausência de Raphael Veiga para comer a bola. Ele está jogando barbaridade e fez mais uma grande partida. Ele começou a jogada de dois gols e ainda deixou o seu no triunfo por 4 a 2.

Flamengo comemora gol ‘sem querer’ sobre o Cuiabá. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Atacante: Róger Guedes (Corinthians)Pouco aproveitado pelo português Vitor Pereira, Róger Guedes foi titular no empate diante do Athletico-PR, por 1 a 1, na Arena da Baixada. Aliás, o atacante foi autor de um golaço de falta, quando acertou o ângulo do goleiro Bento. Foi brigador e no final eleito o melhor em campo pela TV Globo.

Atacante: Bissoli (Avaí)Bissoli marcou dois gols de pênalti e ajudou o Avaí a vencer o Fortaleza, por 3 a 2, na Ressacada. Duas cobranças perfeitas, sem chances de defesa para Marcelo Boeck. A vitória deixou o Leão da Ilha próximo do G4 e mais tranquilo quanto a briga contra o descenso.

Técnico: Abel Ferreira (Palmeiras)Impossível não reverenciar o técnico Abel Ferreira, do Palmeiras. Nesta quinta-feira, o Verdão levou susto, mas rapidamente se recuperou em campo e goleou o Atlético-GO, por 4 a 2. Abel é profissional diferenciado e conhece as peças que tem. O bicampeonato da Libertadores e a idolatria dos torcedores não é realidade por acaso. É o melhor treinador do futebol brasileiro.

Abel Ferreira é responsável por mais uma boa campanha do Palmeiras. Foto: Cesar Greco

CONFIRA OS RESULTADOS DA 12.ª RODADA:

PAL 4 2 ACG CAP 1 1 COR GOI 1 2 INT AME 0 0 FLU FLA 2 0 CUI RBB 4 2 CTB BOT 1 0 SAO JUV 1 2 SAN CEA 0 0 ATL AVA 3 2 FOR

Confira também:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.