Skate e a revelação brasileira nas olimpíadas de Tóquio

A última edição dos jogos olímpicos que foram realizados excepcionalmente 5 anos, depois da última edição devido a pandemia do coronavírus, que havia sido sediado pelo Brasil e realizado na cidade do Rio de Janeiro , voltou a acontecer, dessa vez do outro lado do mundo, no continente asiatico, desde o Japão a cidade de Tóquio foi a cidade anfitriã da edição do ano de  2021 dos jogos olímpicos, com novos protocolos sanitários, com número reduzidos de esportistas na cerimônia de abertura  e recebendo apenas espectadores locais a última edição dos jogos olímpicos aconteceu da melhor maneira possível e foi um sucesso.
Como é sempre de se esperar os jogos olímpicos trazem para mais próximos das pessoas diversas modalidades esportivas, com os melhores atletas de todos os países participantes, proporcionando assim, embates e disputas de tirar o fôlego e deixar apreensivo qualquer torcedor, não importando sua nacionalidade.

Os jogos que aconteceram em Tóquio não eram apenas novos no sentido da nova situação sanitária mundial. Além dos esportes já consagrados em diversos países e acompanhados a cada detalhe pelos telespectadores ao redor do mundo durante as olimpíadas, 

como; o futebol, o vôlei, o basquete, a natação, o atletismo e entre outros, este ano a novidade também ficou por conta das novas modalidades introduzidas na competição, sendo elas: surfe, skateboarding, escalada esportiva, karatê, e o beisebol. Nas casas de apostas online você pode realizar sua aposta esportiva nas mais diversas modalidades. Pelo momento não há previsões de apostas em Skate, mas é apenas uma questão de tempo, já que o esporte está em ascensão, por enquanto a recomendação é que você já se inscreva em algum site e vá se familiarizando, com as apostas para quando esse momento chegar.

A FADA DO SKATE

Rayssa Leal, de apenas 13 anos, estreante nos jogos olímpicos em modalidade também estreante na competição, a fada do skate como ficou conhecida pelos brasileiros, conquistou não apenas fãs do skate, mas todos os admiradores de esporte, a jovem adolescente que é natural do estado do Maranhão arrasou nos jogos olímpicos de Tóquio, logo em sua primeira competição Rayssa conquistou medalha de prata, se tornando a brasileira mais jovem ao subir à um pódio olímpico ficando assim entre as sete medalhistas mais jovem das história dos jogos olímpicos. O ouro que não foi de Rayssa Leal ficou com a japonesa, Momiji Nishiya, que assim como nossa fada do skate, também tem 13 anos de idade, a pontuação da atleta japonesa ao final das provas totalizou a soma de 15,26 pontas, ficando a frente da jovem Rayssa, que depois de suas belíssimas manobras cheias de alegria e gingado brasileiro, marcou um total de 14,14 pontos. Rayssa Leal, foi a única das mulheres da equipe brasileira a chegar às finais, apesar de toda a pressão e a responsabilidade que carregava, a jovem se mostrou bastante descontraída sobre o skate, realizando inclusive algumas dancinhas antes de competir. Rayssa sabe que venceu, sabe que a prata que carrega no peito, vale mais que qualquer ouro.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.